curso taoismo

Curso Básico de Taoismo

Intensivo em um final de semana

Muitas vezes, no trabalho que desenvolvo com meus pacientes na busca de seu (re) equilíbrio, deparo-me com a desesperança. Se os sentimentos considerados mais saudáveis são o amor e a esperança, como cultivá-los sem cair em uma visão mágica e distorcida da realidade? Como recuperar o frescor, a criatividade e o espanto da infância sem perder o bom-senso, sem nos distanciarmos da dor da vida em atitude egoísta e sem nos isolarmos em uma redoma?
Sem dúvida, a tradição taoista encerra em sua sabedoria a chave para a compreensão da vida como ela é. Essa tradição pode ser vivida por qualquer pessoa, independentemente de sua crença religiosa. Podemos considerá-la uma filosofia que acolhe sem preconceito de fé.
Se você quiser conhecer melhor sobre o que estou falando, participe do Curso Básico de Taoismo com o Professor Roberto Otsu.

Dias 25 e 26 de março de 2017 - curso em um fim de semana
​Sábado e domingo, das 10h às 18h​.


Investimento: R$ 550,00 à vista ou duas parcelas de R$ 280,00

Se for do seu interesse, deixe seu nome com a secretária Lúcia, no 5575.9357, das 13h às 18h.



TAOISMO, A SABEDORIA DA NATUREZA

---- CONTEÚDO PROGRAMÁTICO ----

1 ORIGENS DO Taoismo
- A influência da realidade geográfica na formação da filosofia chinesa
- O matriarcado na China Antiga
- O simbolismo na escrita e no pensamento chinês
- O Taoismo e o confucionismo
- Livros fundamentais do taoismo: Tao Te Ching e I Ching

2 A NATUREZA COMO REFERÊNCIA DA SABEDORIA CHINESA
- Os ciclos da natureza e os conceitos de mutação e impermanência
- A água na simbologia taoista:
A lei da menor resistência
O fluxo
A interiorização
O não-confronto
A visão do ciclo e do todo
A humildade
- O bambu na simbologia taoista:
A flexibilidade
O limite
A retidão e a suficiência
A paciência e a determinação
A simplicidade
O vazio interior

3 O VAZIO NA FILOSOFIA TAOÍSTA
- Vazio e o eterno retorno
- O vazio na arte chinesa
- O niilismo, a unicidade e a compaixão

4 O CONCEITO DE TAO
- A etimologia da palavra Tao
- Lao Tse e o livro Tao Te Ching
- Tao como um conceito inalcançável

5 A POLARIDADE YIN E YANG
- Níveis de polaridade: a identidade, a relatividade e o paradoxo
- Os opostos complementares e sua dinâmica
Movimento ondulatório e pendular (enantiodromia)
O engendramento do oposto
A indeterminação de limites estanques

6 O LIVRO DAS MUTAÇÕES (I CHING)
- O acaso no pensamento chinês (casualidade)
- O I Ching como livro de sabedoria da humanidade
- Natureza e qüididade.
- Os arquétipos da natureza no I Ching
- A sabedoria e o self segundo o I Ching

Leituras Recomendadas

ROBERTO OTSU. A sabedoria da natureza – Taoismo, I Ching, Zen e ensinamentos essênios. Editora Ágora, São Paulo, 2006.

CHRISTOPHER MARKERT. Yin-yang. Polaridade e harmonia em nossa vida. Editora Cultrix, São Paulo, 1992.

LAO TSE. Tao te king. Attar Editorial, São Paulo, 1995. (Obs.: esta versão contém uma excelente introdução)

CARL GUSTAV JUNG. Psicologia e Religião Oriental. Obras Completas volume XI/5, Editora Vozes, São Paulo, 1986.

ALFRED WEBER. Historia de la Cultura. Editora Fondo de Cultura Economica, México, 1956.

LIN YUTANG. A sabedoria da China e da Índia, Irmãos Pongetti Editores, Rio de Janeiro, 1945.

MARCEL GRANET. O pensamento chinês. Editora Contraponto, Rio de Janeiro, 1997.

RICHARD WILHELM (Tradução). I Ching. O livro das mutações, Editora Pensamento, São Paulo, 1982.

voltar

dra. denise menezes©